Voltar aos Detalhes do Artigo Manifesto desmedicalizante e interseccional: "existirmos, a que serĂ¡ que se destina?" Baixar Baixar PDF